• thaisrodella

Dietas restritivas funcionam?

Resposta mais adequada: sim e não.

Se o foco está em perda de peso, estudos indicam que sim, mas nos leva a outro questionamento: por qto tempo a pessoa consegue manter esse peso mais baixo?

No caso da obesidade, por exemplo, a ciência entende como sucesso se a pessoa consegue manter seu peso 10% baixo do inicial, 1 ano depois de começar a nova alimentação, no melhor dos cenários 5 anos. Isso porque, com essa diminuição os principais parâmentros metabólicos melhoram muito e o risco de desenvolver outras doenças se torna muito mais baixo.

A restrição alimentar, do ponto de vista do corpo, é uma ameaça a sobrevivência evolutiva, assim o corpo começa a ativar mecanismos de defesa para bloquea-la (já passou por isso? A dieta estava ótima e parou de funcionar?) , além de causar um alto estresse psicológico e gerar uma obsessão pelo tema. Sua vida gira em torno do alimento, das calorias que no fim você não sabe calcular, nos rótulos que faltam informações e no medo de comer.

E isso tudo pode gerar compulsão alimentar e outros distúrbios.

Por isso, a restrição pode até parecer inofensiva, mas não é. Esse tipo de estratégia desconsidera nossa vida real, nossas necessidades fisiológicas, hábitos e preferências.

Não cai em fórmulas mágicas e abandone de vez o imediatismo. Somos cíclicos, respeite o seu tempo.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo